Páginas

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Qual é a melhor denominação evangélica?

A alguns anos atrás eu tinha um estudo bíblico na faculdade e uma amiga minha se converteu, aceitou a Jesus, começou a ler a Bíblia e ficou muito empolgada com a fé cristã, logo ela me indagou, quero participar de uma igreja evangélica, mas são tantas qual é a melhor denominação evangélica?

Pergunta muito simples para um novo convertido e muito complexa para um "velho de casa". Em primeiro momento indiquei a leitura de um livreto, publicado pela ABU Editora, chamado Pacto de Lausanne, o livro contém toda a base de fé de todas as igrejas evangélicas, foi construído na Conferência Lausanne, Suiça, em 1974, promovida pelo pastor Billy Graham, que reuniu lideranças evangélicas de centenas de denominações de todo o mundo, para discutir a fé e evangelização mundial. Logo após a reunião, uma editora nacional fez um compilado dos textos que foram elaborados que mostra o que existe de comum na fé cristã evangélica entre todas as denominações evangélicas.

Enfim, vou tentar responder a pergunta, não existe a "melhor" denominação evangélica, mas existe critérios para uma igreja saudável. Eu pessoalmente sou fã de "igrejas de missão", que não são frutos de divisões, trabalham normalmente com convenções que possuem concílios, estrutura missionária e uma doutrina bíblica, não sou adepto de igrejas novas, mas é também uma questão pessoal, pois existe igrejas novas que pregam o evangelho verdadeiro dependendo é claro de sua liderança.


A igreja evangélica ideal para uma pessoa é aquela que ela tenha uma adaptação melhor, isso inclui gostar da liturgia seja ela mais animada ou mais calma e também ser fonte de relacionamentos saudáveis, outro ponto e este sim não podemos renunciar é a questão do ensino da palavra que seja realmente bíblico, hoje vivemos em um calderão de teologias falsas, pregadores que pregam mais vitória financeira em uma pseudo filosofia cristã, que é muito mais parecido com auto-ajuda do que com a bíblia. Então focamos no ensino, se tiver escola bíblica dominical a igreja ganha pontos, se ela tiver discipulado, acompanhamento pastoral ganha pontos também, se ela tiver foco em projetos missionário ganha mais pontos ainda, pois mostra que a igreja é viva e relevante. Fica a dica para o leitor!

2 comentários:

Samuel Porto disse...

Paz do Senhor a todos que constituem esse blog, com o intuito de trazer uma reflexão, ao cristianismo, atitude de grande relevância, pois O Senhor nos deu a inteligência para que viéssemos ser seres pensantes. Gostei muito dessa matéria e concordo plenamente com a ideia de que não existe melhor denominação evangélica, existe sim algumas congregações que mesmos com seus erros, afinal mesmo tendo como líderes homens de Deus, eles são homens; pregam a Palavra do Senhor cumprindo o seu ide. Deus continue abençoando-os!!!

Débora S. Morais disse...

Deus seja louvado pela existência de cristãos que leem a Bíblia, seguem a Cristo e pregam o evangelho de forma liberal e despretensiosa, sem eleição de denominação ou cristão melhor do que o outro, pois o melhor é Deus. Contudo os aspectos citados na análise da igreja de qualidade são realmente pertinentes: escola bíblica, serviço missionário e exercício da comunhão entre os irmãos. Este é corpo saudável onde o Espírito de Deus se agrada em habitar! Deus abençoe a todos!